A tecnologia de IA ensina crianças surdas a ler

Uma combinação de IA e realidade aumentada dará vida às crianças que não podem ouvir.

Pelo menos 32 milhões de crianças surdas devem aprender a interpretar o que seu professor diz, sem usar o sistema fonético baseado em sons que a maioria das crianças usa; tanto nas escolas como em qualquer atividade extracurricular. Aprender a ler é um processo complexo, difícil e demorado para qualquer criança, mas é um desafio adicional para uma criança com deficiência auditiva.

A surdez atinge mais de 5% da população mundial, as estatísticas indicam que essas crianças quase sempre ficam atrás de seus pares ouvintes, no processo de aprendizagem escolar.

Cientistas projetam uma cauda robótica para humanos

Crianças com deficiência auditiva relacionam as palavras escritas com as ideias que representam, sem dúvida mais difícil do que para outras.

Via: tuexpertoapps.com

Mas a solução chegou com o nascimento do StorySign, um aplicativo gratuito de realidade aumentada que aproveita a tecnologia de IA (Inteligência Artificial) da Huawei para ensinar crianças surdas a ler Star, o avatar virtual que se traduz em linguagem de sinais, textos.

Como funciona esse aplicativo novo e inovador?

Ao abrir o aplicativo, você deve escolher um título da biblioteca StorySign e mover o celular pelas páginas do livro. O aplicativo está disponível para download no Google Play, é compatível com 10 linguagens de sinais e funciona em dispositivos Android com a versão 6.0 ou superior. O fabricante comentou que ele é otimizado para seus próprios telefones com infusão de AI, como o Mate 20 Pro.

O aplicativo StorySign tem grande potencial, visto que existem mais de 460 milhões de pessoas com deficiência auditiva que podem se beneficiar, quando ele é efetivado em qualquer tipo de documento.

O StorySign foi desenvolvido em colaboração entre a gigante chinesa Huawei, a União Europeia e a Associação Britânica de Surdos.

Sair da versão móvel